Câmara homenageia XV de Jaú pelo título sub-20 e pelos 95 anos



O XV de Jaú será homenageado nesta segunda-feira pela Câmara de Jahu. Às 16h, vereadores entregam moção de congratulação ao clube pelos 95 anos de existência e pelo título do Campeonato Paulista Sub-20, ambos ocorridos no dia 15 de novembro. O Galinho foi campeão ao vencer a Inter de Bebedouro por 2 a 0 e chegou ao bicampeonato na competição – o terceiro na categoria, uma vez que também já foi campeão da primeira divisão.



“Convido a todos para que compareçam na Câmara Municipal nesta segunda. Vamos receber uma honraria pelo título conquistado. É um importante reconhecimento do trabalho realizado por todos nós”, diz o presidente do XV, Rodrigo Luiz Paulino, referindo-se aos jogadores, comissão técnica, diretoria e Head Soccer, a empresa parceira do clube que viabilizou a participação do XV no estadual sub-20 deste ano.


A moção de homenagem ao XV é assinada pelos vereadores Fernando Barbieri e José Carlos Borgo. Ela começa citando trecho do hino do XV: “XV de Jaú, És glória e tradição, Sua história é tão bela, De amor e união. Salve o XV de Jaú, Orgulho da cidade, Ganhando ou perdendo, Nos enche de vaidade… ...Quando entra em campo, Com fibra de campeão, De Galo é chamado, Pela multidão…”


E prossegue: “Nosso XV de Jaú completou 95 anos, suas Bodas de Sândalo, e como presente à nossa cidade e os torcedores do Galo da Comarca receberam o título de bicampeão paulista sub-20 da segunda divisão, sendo o primeiro título conquistado em 2016.”


O trabalho da diretoria e da Head Soccer é citado na moção: “A alegria dos torcedores com os 95 anos de sua fundação e o título conquistado, deve-se ao trabalho da diretoria atual do quinze, aos atletas do time, bem como dos investidores da empresa parceira, que desde o início deste ano está à frente do XV de Jaú e, principalmente, seus torcedores. Hoje, o presidente do Esporte XV de Novembro de Jaú, o Senhor Rodrigo Luiz Paulino e seus pares vêm realizando excelente trabalho para que o XV de Jaú volte a subir de divisão, para assim, retornar à 1ª divisão do futebol paulista.”