Dirigentes do XV participam terça-feira de videoconferência com FPF sobre diretrizes do Sub-23

Os dirigentes dos 42 clubes inscritos inicialmente para disputar o Campeonato Paulista Sub-23 da Segunda Divisão foram convidados pela Federação Paulista de Futebol (FPF) para reuniões desta terça até quinta-feira. O encontro será por videoconferência em momentos distintos, já que a entidade marcou a conversa com os representantes dos times de cada grupo previsto no regulamento de março. A reunião do XV será às 17h30 desta terça-feira.


O presidente do XV, João Vital Neto, diz que a reunião vai contar com os demais times do grupo 2 que o Galo enfrentaria na primeira fase do campeonato, cujo início estava previsto para 18 de abril e foi suspenso por causa da pandemia do coronavírus. Então, além do clube jauense estarão discutindo as diretrizes do campeonato com o presidente da FPF diretores de Santacruzense, Assisense, Independente de Limeira, Rio Branco, União Barbarense e Vocem.

O presidente do XV diz que no convite da FPF não tem um tema específico, mas é tratar de forma geral as diretrizes do campeonato. “Acredito que teremos melhores informações nessa reunião. A nossa expectativa é que tenhamos a competição, com alguns protocolos a serem seguidos, mas confiamos que teremos o campeonato sim.”


Demais grupos - Conforme Circular da FPF enviada aos clubes e assinada pelo presidente Reinaldo Carneiro Bastos, a primeira videoconferência será às 15h desta terça-feira com os clubes do Grupo 1, que são Andradina, Araçatuba, Bandeirante, Grêmio Prudente, Osvaldo Cruz, Tanabi e Tupã.


No dia 27, quarta-feira, os clubes do grupo 3 fazem a reunião deles às 15h: América, Francana, Inter de Bebedouro, Taquaritinga, São-carlense, São Carlos e Matonense. Às 17h30 é a vez do grupo 4: Amparo, Flamengo de Guarulhos, Guarulhos, Brasilis, Jaguariúna, Mogi Mirim e Itapirense.


Na quinta-feira, dia 28, às 15h se reúnem online as equipes do grupo 5: Manthiqueira, Barcelona, Joseense, Atlético Mogi, São José, União Mogi e União Suzano. Às 17h30, pelo grupo 6, conversam com a FPF tararé, Taboão da Serra, Elosport, Grêmio Mauaense, Jabaquara, Mauá e Osasco.

Assuntos - A FPF sugeriu reunir os clubes em vários momentos para “melhor aproveitamento da conversa”, segundo circular enviada ao XV de Jaú e demais clubes. O que mais tem tirado o sono dos dirigentes é saber se vai ter mesmo o campeonato e quando poderá começar, uma vez que o presidente da FPF disse diversas vezes que o início só será possível quando as autoridades de saúde liberarem a volta do futebol.

Entre os assuntos, certamente, estarão o atual momento da pandemia, eventual protocolo de proteção quando do início do campeonato, inscrição de atletas tendo em vista a mudança de todos os prazos previstos inicialmente e quais clubes abrem mão de disputar o campeonato. A FPF já manifestou que os clubes podem manter ou não a intensão de disputar o Sub-23. Os problemas econômicos afetaram diretamente os clubes e também a FPF.