Agência oficial do E.C. XV de Jaú

©2020 desenvolvido e mantido por  Guilherme Bono | Opa! Publicidade e Propaganda

Opa!

FPF muda regulamento para 2020 e XV poderá trocar até 5 jogadores por jogo

Um novo formato nas substituições foi adotado pela Federação Paulista de Futebol para o Campeonato Paulista Sub-23 da Segunda Divisão. Cada time poderá fazer cinco trocas durante os jogos a partir de 18 de abril, quando terá início a competição com 42 equipes. O XV de Jaú vai estrear no dia 19, às 10h, em Assis, contra o Assisense.


Até o ano passado, a “quarta divisão” do futebol paulista, permitia até três alterações por jogo. A partir de agora poderão ser feitas até cinco mudanças, desde que ocorram em até três atos. Ou seja, em alguma das paradas será necessário colocar mais de um atleta em campo. Ou até mesmo trocar cinco jogadores de uma vez só.




Está no Regulamento do Campeonato Paulista Sub 23 (2ª Divisão), no item Condições de Jogo, em seu artigo 21: “Cada Clube poderá substituir até cinco atletas, por jogo, desde que respeite o máximo de três atos de substituição no decorrer da partida, não sendo considerado o intervalo da partida na contagem destes atos”.


Essa nova regra foi abordada em reportagem desta semana pelo site O Curioso do Futebol, em texto de Lula Terras. “Esse sistema não pode ser considerado, como novidade, uma vez que já vem sendo utilizado nas competições envolvendo as categorias de base do futebol paulista.”, comenta o autor.



Jogo do Paulista Sub-20 no ano 2019: treinador do XV utilizada recurso de fazer até 5 trocas no jogo

Segundo o portal de notícias, na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano, esse sistema foi utilizado e causou “certa dificuldade para a imprensa televisiva, que cobriu os jogos, principalmente, entre os repórteres de campo e locutores, que sofreram para atualizar suas papeletas durante os jogos”.


Diz ainda o texto que para os treinadores essa situação tem um lado positivo, por oferecer mais opções na troca de atletas, como, maior dificuldade na manutenção ou alteração no sistema de jogo, ou seja, terão que pensar com rapidez, como manter ou reverter o resultado do jogo.

O técnico Sérgio Caetano se utilizou desse recurso por diversas vezes no Paulista Sub-20. Em mais de um jogo ele chegou a fazer as cinco trocas possíveis, normalmente em atos com uma ou duas mudanças.