TV mostra o Jauzão com melhorias e dirigente fala da volta do XV aos gramados

A reportagem do programa Noticidade, do SBT Central, esteve no Estádio Zezinho Magalhães nesta quarta-feira pra mostrar as melhorias que o XV de Jaú tem realizado e como estão os preparativos para quando do retorno do Campeonato Paulista Sub-23 da Segunda Divisão. O gerente de Futebol do clube, Careca Paiva, também vice-presidente, falou que vai ter campeonato sim. Garantiu que a montagem do elenco está pronta e falou dos ajustes no Jauzão.



O torcedor do XV está na expectativa de quando será o recomeço da Bezinha. Principalmente agora que a Federação Paulista de Futebol (FPF) definiu o reinício da Série A-1 para o dia 22 de julho e já marcou reunião com clubes da Série A-2.

“A Federação definiu a A-1, que volta obedecendo aos protocolos de saúde e segurança. Agora abriram para direcionar o reinício da A-2. Ajustando a A-2, que vai ser rápido para marcar uma data, aí define a A-3. Definindo a A-3, parte para a nossa divisão”, comentou Careca, admitindo que os clubes da Bezinha trabalham para voltar a jogar em setembro.

VEJA REPORTAGEM



Estrutura para equipes - Ele disse ao SBT que o campeonato vai ser realizado sim. “Inclusive nesta semana a FPF mandou ofício para os clubes pedindo fotos das adequações do que está sendo feito.” E citou a adaptação no banco de reservas, que teve assentos retirados para garantir o isolamento de comissão técnica e jogadores – parte dos jogadores vai ter de ficar na arquibancada.




Careca também citou que a FPF quer ver os acessos da delegação visitante, da arbitragem, dos policiais, como estão os vestiários para as duas equipes e vestiário dos árbitros. Isso, segundo ele, já foi providenciado e enviado à entidade. “Acredito que até o dia 20 de julho vamos ter alguma novidade sobre como iniciar os treinamentos”, diz, prevendo uma Bezinha sem torcedores na fase inicial.


Campo irrigado - Ainda sobre a melhoria na estrutura do estádio, Careca citou a instalação do sistema automático de irrigação no gramado, a construção de uma academia de musculação para os jogadores e a construção de quatro minicampo de grama sintética para a escolinha onde era o campinho (uma lanchonete também será erguida ao lado).

Ressaltou que a arquibancada está sendo pintada e numerada em toda sua extensão e que a área das cadeiras cativas não vai ter mais o alambrado que a isolava dos demais torcedores. “A grade não existe mais. Agora é aberta para todos, para dar um aconchego melhor os nossos torcedores.”




Elenco – Sobre o time que vai a campo, disse que o XV tem uma base desde março, quando os treinos foram suspensos. Explicou que foi mantido um trabalho físico orientado à distância para os atletas. Segundo ele, o XV tem contrato com vários jogadores e com outros o acerto é verbal, mas que estão todos cientes que o clube poderá chama-los a qualquer momento para reiniciar os treinos.




Camisa comemorativa – Por fim, durante a entrevista, o gerente de Futebol do XV mostrou a camisa comemorativa para celebrar o título de 1976, quando o Galo teve o maior ano de sua história e subiu para a principal divisão do futebol paulista. “Essa camisa é uma comemoração daquele acesso. Dá para encomendar pela página do clube e pode ser encomendada também na Loja do XV. É uma camisa histórica, limitada a 200 unidades e que já estão acabando”.

A camisa custa R$ 150,00 podendo ser paga em parcelas. A encomenda deve ser feita até 15 de julho. A entrega está prevista para os dias 24 e 25 de julho no próprio estádio.


CLIQUE AQUI