XV de Jaú é campeão paulista sub-20: Luzinel faz os 2 gols da vitória sobre a Inter de Bebedouro


Texto e fotos: Paulo César Grange

Foi uma festa para entrar pra história em pleno estádio da Inter de Bebedouro. A vitória por 2 a 0 do XV de Jaú deu ao clube jauense o título do Campeonato Paulista Sub-20 da Segunda Divisão. É o segundo na competição, repetindo o ano de 2016. E o terceiro da categoria, já que em 2005 o Galinho foi campeão estadual da primeira divisão.



A conquista se deu em pleno aniversário de 95 anos do clube, na manhã desta sexta-feira (15), no estádio Sócrates Stamato. O goleador do jogo foi o atacante Luzinel, que marcou duas vezes e assumiu a artilharia do XV na competição (foi a 6 gols). De atleta questionado ao longo da temporada a homem decisivo na final.




"Que sensação, que momento. Quero agradecer primeiramente a Deus e à minha família", comentou em rede social. Ao fazer um dos gols Luzinel correu para o lado da torcida da Inter, mas não foi provocação. Apenas saiu pra comemorar para o lado em que estava depois de abrir o marcador aos 6 minutos da segunda etapa. O XV tinha empatado por 1 a 1 na primeira partida e teria de vencer neste feriado.





Luzinel faz o primeiro gol do XV e sai para comemorar com a torcida

O jogo - Com o campo molhado, o jogo começou veloz, mas truncado. O XV de Jaú chegou bem com Alessandro cobrando falta aos 16 minutos, mas o goleiro defendeu. A Inter respondeu na sequência em lance de escanteio. Guirão cabeceou por cobertura e exigiu grande defesa. Conta cobertura do site da FPF. E prossegue:

Na volta para o segundo tempo, Vinícius Torres cobrou falta de muito longe, mas quase marcou para a Inter. Porém, foram os visitantes que abriram o placar. Aos seis minutos, o zagueiro da Inter recuou de cabeça para o goleiro, que não conseguiu segurar a bola. Luzinel ficou com o rebote, brigou com a marcação e empurrou para a rede.

A partir daí, a Inter foi para cima e exerceu forte pressão. Aos 18, Ovelha assustou em cobrança de falta pela esquerda. Dez minutos depois, Gaúcho pegou rebote na meia-lua e chutou muito forte, mas para fora.

Com o avanço, a Inter deixou espaços, que foi aproveitado pelo XV. Aos 37 minutos, a bola ficou viva na pequena área e Luzinel apareceu de novo para cabecear e marcar o segundo gol, definindo o XV de Jaú como campeão. Desta vez ele foi para o lado da torcida do XV.




Luzinel sobe pra vencer o goleiro e ampliar para 2 x 0 a vitória do XV


Grande conquista - O presidente do XV falou após o jogo sobre essa conquista. Agradeceu Deus,a família, a Head Soccer, o Conselho Deliberativo, a imprensa e especialmente a comissão técnica e o grupo de jogadores. "Aqui estamos nós com esse titulo maravilhoso. Graças a Deus conseguimos chegar até aqui e vamos continuar firmes, mesmo contra algumas situações inoportunas."



Os jogadores também se manifestaram com fotos e frases nas redes sociais. O capitão Alexsandro foi um deles: "Em primeiro lugar somente o agradecimento a Deus, por poder fazer o que eu mais amo. Todos de parabéns pelo excelente trabalho e pela entrega durante todo o campeonato. Objetivo concluído junto com o sentimento de dever cumprido."




Caique: "Grato a Deus e todas as pessoas envolvidas por esse momento único. Objetivo do ano alcançado: campeão paulista."


Rodrigo : "Hora de agradecer por cada oportunidade, por cada porta que se abrem, por estar sempre comigo. Muito obrigado, meu Deus"


Molina: "Obrigado Deus por ser campeão. Esta vitória é dedicada a minha mãe"


Gabriel Húngaro (Robinho): "Que momento... que sensação incrível: campeão paulista sub-20."


Gabriel Tizeu: "Campeão paulista sub-20 da 2° divisão. Agradeço primeiramente a Deus, minha família e todas as pessoas que torcem a favor. É uma honra vestir essa camisa tão pesada."


Carlinhos: "Não tenho palavras pra descrever esse momento. Gratidão meu Deus. Obrigado ao nosso grupo maravilhoso, trabalhamos duro o ano todo para coroar com esse título. Obrigado a todos que apoiaram, familiares, torcedores... Momento maravilhoso na minha vida. Volto a dizer que o futebol é um esporte maravilhoso é fantástico, que nos dá uma nova oportunidade no dia seguinte."






Inter de Bebedouro 0 x 2 XV de Jaú

Gols: Luzinel (6min e 37min, 2T)

XV de Jaú: Vinicius; Carlinhos (Robinho), Daniel, Marcelo Novais, Gustavo Madureira; Molina, Caique Alexsandro; Jhonatan (Tizeu), Luzinel (Leonardo) e Nailson (Wésley). Técnico: Sérgio Caetano

Cartão amarelo: Luzinel, Carlinhos e Nailson (XV); Vinicius (Inter)

Cartão vermelho: David (goleiro da Inter, por agressão com soco a companheiro).