XV vai ter 25 jogadores na testagem oficial da FPF nesta terça-feira às 14h

O XV de Jaú vai ter 25 jogadores no Estádio Zezinho Magalhães nesta terça-feira (8/09) para a testagem oficial de covid-19, agendada pela Federação Paulista de Futebol. A coleta do material para o método PCR será a partir das 14h por meio de profissionais do Hospital Albert Einstein, que deverá divulgar os resultados em 48 horas. Comissão técnica, dirigentes e assessores próximos serão testados também.


Esta é mais uma etapa para a liberação dos treinos que antecedem à disputa do Campeonato Paulista Sub-23 da Segunda Divisão. A competição começa no dia 18 de outubro, mas o XV de Jaú estará de folga na abertura. A estreia do Galo será no dia 21, em Jaú, contra a Matonense – a princípio às 15h, mas a diretoria do XV estuda alterar para a noite o confronto, talvez para as 19h.


Dentre os 25 jogadores que serão testados inicialmente, seis já são conhecidos do XV e estavam no elenco do ano passado ou no time campeão estadual sub-20 em novembro de 2019. Os demais são reforços contratados pela gerência de futebol, por meio de Careca Paiva, pela comissão técnica comandada pelo técnico Sérgio Caetano e pela diretoria do XV.

Os nomes serão apresentados após os testes por meio do site do XV – www.xvdejau.com – e pelas páginas no Facebook e Instagram.



Teste definido pela FPF é o PCR (de cotonete)

Treinos dia 14 - “Mais ou menos 25 jogadores serão testados e no dia 14 eles começaram o trabalho de preparação para a competição. A gente espera que nesse tempo eles consigam alcançar o máximo no início da competição. Estavam treinando em casa, mas é diferente treinar o condicionamento físico e depois treinar com bola e já com os jogos”, diz o gerente de Futebol, Careca Paiva.


Ele diz que estão nos planos fazer alguns jogos-treinos até a estreia e que uma programação nesse sentido está sendo elaborada “para que a gente tenha condições e ritmo de jogo”. Os próximos passos, destaca, é testar todo o elenco e comissão técnica, manter os jogadores isolados por 48 horas e esperar o resultado dos testes para, enfim, iniciar os treinamentos com o elenco.

Grupos – Sobre o grupo do XV, o 3, onde estão ainda Francana, Matonense, Inter de Bebedouro e Grêmio São-Carlense, Careca Paiva diz que era o que se esperava, tendo em vista a especulação antes de a FPF se pronunciar na última sexta-feira. “Está dentro da proposta de ser regionalizado. Dos jogos que vamos ter fora, o mais longe é o da Francana. Dependendo do horário pode ser mais cansativo”. De Jaú a Franca são 247 quilômetros, ou cerca de 3 horas de viagem.


Careca considera o “grupo muito forte”, lembrando que Francana e Inter são tradicionais, como também o time de São Carlos. “A própria Matonense oscilou muito, mas tem tradição e revelou muitos jogadores. “Sabemos da dificuldade, mas não tem como fugir. Vamos fazer o nosso melhor para alcançar o primeiro objetivo, que é passar de fase”, finaliza.