XV x Corinthians: volta olímpica com troféu e placar zerado no jogo festivo


O jogo foi de festa no Estádio Zezinho Magalhães. Só faltou o gol para coroar o encerramento da temporada do time sub-20 do XV de Jaú. Terminou empatado sem gols o amistoso entre o Galinho e o Corinthians Sub-23 na noite desta terça-feira. Garotos da base do XV de Jaú entraram em campo com os jogadores e deram meia volta olímpica com o troféu conquistado no dia 15 na final do Campeonato Paulista Sub-20 da Segunda Divisão.



Em campo, o XV jogou de igual para igual contra um time mais velho, repleto de profissionais e que já disputou o Brasileiro de Aspirantes e a Copa Paulista. Forte na marcação, com Molina e Caíque, o meio-campo corintiano não conseguia armar jogadas. Foram poucas tentativas pela lateral, justamente pelo lado do atacante Gil, que saiu do XV no primeiro semestre para ser emprestado ao Corinthians.



Um dos grandes lances do XV na primeira etapa ocorreu em cabeçada do volante Alexsandro. O atacante Luzinel, artilheiro do time jauense no Paulista, brigou em meio aos grandões do Timão. AS principais jogadas foram pelo lateral-esquerda, com Wésley. No segundo tempo, o XV continuou marcando e impedindo o adversário de levar perigo ao do de Vinicius, que chegou a fazer duas boas defesas.



Com poucos minutos de jogo na segunda etapa começaram as substituições. E foram muitas, uma vez que o técnico Sérgio Caetano previa colocar em campo todos os reservas campeões em Bebedouro e mais alguns atletas que vai utilizar na Copa São Paulo de Futebol Júnior - foram o caso de Balan, Davi,Rodrigo, Nailson e Teco. Jogaram ainda Robinho, Fleck, Carequinha e Zulu, que não têm idade mais para a Copinha. Os três últimos, aliás, são atletas que podem defender o XV na Bezinha do Paulista do ano que vem.



Na saída de campo, o meia Jhonatan disse que foi gostoso jogar contra um time de qualidade e que o XV mostrou seu potencial, apesar de ser mais novo. Marcelo seguiu a mesma linha e avaliou como uma grande partida do XV. Ambos não têm mais idade para a Copinha, despedem-se do time sub-20 e voltam em 2020 para integrar o elenco do Paulista.



O gerente de Futebol do XV, Careca Paiva, analisou "um jogo gostoso de se ver", destacando os meninos do XV "se sobressaindo e mostrando trabalho". Brincou, lembrando que o sub-20 termina o ano invicto no Jauzão. "Foi bom ver essa festa do torcedor, acompanhando o time. Agora é pensar na Copa São Paulo. A gente volta aos treinos em 2 de dezembro. Vamos deixar os meninos descansar. Graças a Deus fechamos com chave de ouro."




Agência oficial do E.C. XV de Jaú

©2020 desenvolvido e mantido por  Guilherme Bono | Opa! Publicidade e Propaganda

Opa!